Modelo Conceitual Para Banco de Dados Estatístico

Título: Modelo Conceitual Para Banco de Dados Estatístico

Autor: Hiroo Takaoka

Resumo/Sinopse: Apresentar um modelo conceitual para Banco de Dados Estatísticos, que pode servir como mecanismo formal de descrição do seu conteúdo, ou como base para construção de interfaces com usuários.
O modelo é baseado em quatro noções de abstração: classificação, agregação, generalização e associação. De outro lado, fundamenta-se no Modelo Semântico de Banco de Dados. Este modelo permite captar e expressar naturalmente um maior número de informações semânticas de aplicações estatísticas do que os modelos clássicos usados em Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados existentes.
Sua descrição inclui a representação gráfica na forma de grafo orientado, bem como uma linguagem de consulta não-procedimental, interativa e de fácil assimilação. Esta última, sobretudo, voltada para as aplicações estatísticas. Permite ainda especificar o formato de apresentação do resultado da consulta, com simples preenchimento de espaços do esqueleto de tabela, exibida em tela de terminal, reduzindo consideravelmente o esforço manual necessário à produção de tabelas estatísticas.

Data de publicação: 1983

Periódico/Editora: Tese de Doutorado FEAUSP

Palavras-chave: Banco de Dados Estatísticos; Modelo Semântico de Banco de Dados; Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados