O processo de cooperação universidade-empresa em universidades brasileiras

Título: O processo de cooperação universidade-empresa em universidades brasileiras

Autores: Andréa Paula Segatto-Mendes, Roberto Sbragia

Resumo: Interinstitucional na promoção de pesquisa e desenvolvimento científicos. A velocidade das inovações tecnológicas, a necessidade de geração de novas alternativas ante a escassez de recursos e a elevação da competitividade global são fatores que ressaltam a importância de alianças que possibilitem vantagens competitivas com menores custos e riscos. Dessa forma, a associação entre os meios empresarial e acadêmico oferece vantagens para empresas, universidades e o País como um todo. Dentro desse quadro, apresenta-se neste artigo os resultados obtidos em pesquisa realizada com o objetivo de verificar como ocorrem as cooperações universidade-empresa em universidades brasileiras. Assim, delineou-se um modelo do processo com as principais variáveis apontadas pelos entrevistados. O estudo permitiu identificar e analisar as principais motivações, as barreiras, os facilitadores, os órgãos, instrumentos e agentes que compõem o corpo do processo, e a satisfação resultante. Espera-se que, com o aprofundamento do conhecimento sobre as especificidades dessas cooperações no contexto brasileiro, seja possível expandir a utilização desse mecanismo em nossas universidades, alavancando o crescimento tecnológico do País.

Data de publicação: 2002

Periódico: RAUSP – Revista de Administração da USP, v. 37, n.4

Palavras-chave: cooperação, universidade, empresa, tecnologia, inovação