Reconciling Conservation and Development

Título: Reconciling Conservation and Development

Subtítulo: A Dynamic Hotelling Model of Extractive Reserves

Autores: Timo Goeschl e Danilo Camargo Igliori

Resumo/Sinopse: O instrumento das reservas extrativistas foi anunciado como uma nova abordagem para conciliar a conservação da biodiversidade e o desenvolvimento econômico. A literatura que analisa esses arranjos de direitos de propriedade, no entanto, oferece uma avaliação ambígua de seu sucesso. Este trabalho oferece uma perspectiva diferenciada sobre a capacidade de uma reserva extrativista para gerar retorno econômico, colocando as suas decisões, num contexto intertemporal e espacial. Para capturar as características incomuns de interação potencial entre reservas extrativistas e plantações, desenvolvemos um modelo dinâmico estilizado de concorrência espacial. Nós mostramos que a viabilidade das reservas extrativistas depende de (1) o grau de diferenciação espacial, (2) o rigor das restrições dinâmicas na plantação, e (3) a capacidade das reservas para o comércio insumos biológicos. Conclui-se que a concepção de regimes de direitos de propriedade sobre insumos biológicos torna-se uma variável chave de política.

Data de publicação: Agosto de 2004

Periódico/Editora: Land Economics

Edição: Volume 80, número 3

Palavras-chave: Desenvolvimento da Amazônia, Reservas Extrativistas, Hotelling